Articles

Affichage des articles du 2013

Presente

Dos momentos e das novas formas de se ver o entorno
  do novo d'um inteiro, do interno e das simplicidades 
      vê-se lento, num ritmado lento...
  com encontros casuais, simples e cheios.
                      Da vida, segue viva, cheia e fragmentada,
                      fragmentos de diversos tempos, 
                      neste mesmo agora, e se passa agora!
De agora em agora esse ostracismo se faz aqui.


Por Tatiares

An asphodel - Allen Ginsberg | Howl

O dear sweet rosy
        unattainable desire
... how sad, no way
        to change the mad
cultivated asphodel, the
         visible reality...

and skin's appalling
          petals - how inspired
to be so lying in the living
         room drunk naked
and dreaming, in the absence
            of electricity...
over and over eating the low root
         of the asphodel,
gray fate...

        rolling in generation
on the flowery couch
          as on a bank in Arden - 
my only rose tonite's the treat
          of my own nudity.


                                                                     (Earlier Poems)

Re-volver

E em uma tarde de sexta, Quando todos os tijolos da industrial Manchester molhados - típica, úmida England ... ela só ouvia Beatles. Naquela semana, tudo ressoava tão Beatles, até quando pensava em Caetano, ele também cantava Beatles. Mesmo querendo mais de Control, pelas janelas, as imagens, outra chuva fina, e mais um Beatles song. Tatiares

há pouco

Fazia tempo
fazia pouco
e do muito que não fazia
fazia menos
menos tempo à favor
menos vento
mais vapor
menos pressão, por favor!

Tatiares

Âne dormant - Jacques Prévert

Image
C'est un âne qui dort
Enfants, regardez le dormir
Ne le réveillez pas
Ne lui faite pas de blagues
Quand il ne dort pas, il est très souvent malheureux.
Il ne mange pas tous les jours.
On oublie de lui donner à boire.
Et puis on tape dessus.
Regardez-le
Il est plus beau que les statues qu'on vous dit
d'admirer et qui vous ennuient.
Il est vivant, il respire, confortablement installé
dans son rêve.
Les grandes personnes disent que la poule rêve de
grain et l'âne d'avoine.
Les grandes personnes disent ça pour dire quelque
chose, elles feraient mieux de s'occuper de leurs rêves à
elles de leurs petits cauchemards personnels.
Sur l'herbe à côté de sa tête, il y a deux plumes. S'il
les a vues avant de s'endormir il rêve peut-être qu'il est
oiseau et qu'il vole.
Ou peut-être il rêve d'autre chose.

Par exemple qu'il est à l'école des garçons, caché
dans l'armoire aux cartons à dessin.
Il y a un petit garçon qui ne sait pas faire son problème.
Alors le maîtr…

Haiku - bashô

Image
'Sous les fleurs d’un monde flottant                        avec mon riz brun                         et mon saké blanc'


Ultracore expo

Image



ultra: o futuro que é feito agora

Esse momento levado numa levada dance,
multi-cores, multi-gostos, multi-gestos-multi
... é o plural num discurso ativo, porque não adianta ficar falando
hoje todo mundo quer ver o que você pode fazer,
                                                            e se faz.
Isso é tão mais verdadeiro, ainda mais nesta era da imagem,
                                          ultrapassar a belezinha do cool,
                                          analisar com raio-x e,
                                          se deparar com mentes livres, 
                                          ah, c'est quelque chose ça,
                                          alors, je reste un peu plus, meu bem.


Tatiares


Descartes hipster

Inspirado por Catatau
pensou em Descartes hipster
daqueles de nossa época 
                     afetados pelos 70's

e de trilha sonora:
                      Comedown Machine
dos Strokes

Esse inspirado por sua vez
pelo acento inglês
daqueles Talking heads
com The Cure.

Tudo tão bem arrumadinho com o fim de parecer bagunçado.


por Tatiares

visual poetry

Image
Tatiares

sunshine

Image
Crescia buscando azul ozônio
braços e branches esticados
alvéolos ramificados numa outra direção
e assim, respirava mais que o resto.

Protesto em forma de natureza não morta,
daqueles em que se vê sentido,
uma inspiração aliada ao esforço,
o de viver mesmo, esse que todos conhecemos.

De uma forma ou de outra,
a dimensão desse existir é a mesma,
seja amadeirado, sombrio, curvado, florido, amado

(...)
o que precisamos mesmo é ser iluminados.

por Tatiares

aleatorius

Image
apenas pra saber,
consta no consultar:
                  o ocultar
            no além (...) ar

e tudo isso, bem devagar, stp.



por Tatiares

envergo mas não quebro

Image
"...Em tempos de tempestades
Diversas adversidades
Eu me equilibro e requebro É que eu sou tal qual a vara
Bamba de bambú-taquara
Eu envergo mas não quebro..."

Outro

Móvel movo-me, movem-se também as nuvens fios de um condensado, tecidos nada denso − via-se através a flutuar, ao movimendo do ar fresco ao revés.
Esse é o cheiro do sentir desse momento, início de algo contínuo, num ciclo retorno, de um novo começo reverenciado seja outro nada mais do mesmo.
Tatiares