vendredi 3 avril 2009

Paradoxos viciosos


Muito se diz do pouco que se sabe
bactérias softwares e vírus
estratégias mercado e bolsas
valores morais e indivíduos
débito ou crédito?
cães ou gatos?
casa ou apartamento?
Estudar para oportunidade ter
dinheiro para aquisição de
bens status jóias e tecnologias
Ou religiões filhos e cursos para evoluir
espiritual e intelectualmente
jardim ou sacada?
peixes ou ramisters?
à vista ou no prazo?
bem estar para qualidade de vida ter
decoração artigos de luxo
cultura massas e drinks exóticos
Clássico ou da moda?
A estupidez, comme d’habitude, SVP!


por Tatiares

2 commentaires:

  1. Nenhum caminho, todos os caminhos. Aquele que serve ao caminhante noturno (das baladas, das sacadas, boemia, aqui me tens de regresso) pode não servir ao andarilho despojado das manhãs soturnas que carrega em seu coturno a lembrança de um vazio que já não é. Distância, diferença, bem-querença, mal-querença: onde está cada qual com sua navalha, de que lado do muro? (ou em cima? ou embaixo?)

    Belo blog, obrigado por me adicionar no twitter.

    RépondreSupprimer
  2. Oi Rafael,

    Obrigada pelo escrito acima. Parabéns pelas fotos no armazém de ideias e ideais. O blog o pensador selvagem, bem elaborado, muito bom!

    RépondreSupprimer