mercredi 13 mai 2009

Le bleu-rose d'Amélie

Luzes amarelas se ascendem em postes cinzas, é o acordar da cidade para a noite enluarada.

Noite que começa com um pôr-do-sol-rosa-azul de nuvens espalhadas como vindas de um sopro de algodão-doce.

A cor do pôr-do-sol já mostra a chegada do inverno tropical de dias ensolarados com céu-azul-celestial e noites-frias estreladas.

Gosto do acordar automático da cidade ao fim do dia com sabor de começo dos momentos de prazer, pois à noite se pode mais, se tem mais tempo para admirar o que se gosta, se se permite mais vontades.

Antes tivessem os dias mais das noites, mais das vontades, mais do se permitir, mais dos pequenos prazeres d'Amélie. Gosto dos meus dias mais parecidos com noites-estreladas e nuvens vindas de um sopro de algodão-doce de um céu-azul-rose, como la vie en bleu-rose.
por Tatiares

2 commentaires:

  1. Tu coeur cest bleu rose, céu saboroso.

    Sentimento rente e firme igual pedra esquentada por sol do cerrado quente. Traçado rompante em mergulho interno, regressando inerte ao expressar declamado de dores e flores.O céu da noite é o descanso da alvorada que começa no ocaso da aurora. Parabéns pelo post.

    RépondreSupprimer
  2. Mon coeur c'est ton coeur... et mon ciel en bleu-rose c'est comme notre vie ensemble!

    RépondreSupprimer