mercredi 1 juin 2011

descampado


um mundo que passa, campos, fenos e afins
isso bem mostra o descampado
nu, inteiro nu d'um mundo

nuvens cumulares num céu de empuxos
ao mesmo tempo, fluxos sanguíneos
deslocados, quasi aéreos
pelas alturas, se levando...
fluir em um laissez tomber
todo independente do abissal
descomunal espaço entre
o mundo.



por Tatiares



1 commentaire:

  1. Inverso interno do intento desalento, sequestro de imagens empuxo linguario, cerulas de gerenos infictos de versoz indecektiveilmente eficaz, descampo da compreesnão, prestidigitação dos bovinos no passo de um camilho.

    Versa bem, vida mais. amemonos/

    RépondreSupprimer