vendredi 30 septembre 2011

brevidade

A manhã clara en tête
de uma brisa fraîche
dans les oreilles, Mulatu Astatke...
um supense em aconchego breve.

O ciclo em seu reciclo retorno.
Outono
(...)
Tudo antes verde agora em tom
                                        dourado envelhecido
faz-se velho pelo passo no tempo
a regenerar-se.

Outra manhã bête
da brisa agora, leve.

por Tatiares

1 commentaire:

  1. Dos cicclos das correntes, dos mares, dos ventos e das folhas
    do sangue que rameia vaso e veia a teia genética moldando psico-ilogicas-orgias na mente de quem dança sem rou-upa girando na frente corrente mesmo quando nao pedida age como deveria devas e leva

    RépondreSupprimer